Visitação da nona edição já pode ser agendada

Share This:

Uma das principais preocupações do Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia é fomentar a reflexão a partir da arte. Por isso, anualmente o projeto dedica um momento para formar a sua equipe de educadores que recebe os mais diversos públicos nos espaços dos museus. Intitulada “Tempo para duvidar: por uma formação de espíritos livres”, a ação educativa deste ano atua nas exposições da 9º edição que têm visitação aberta ao público no Museu do Estado do Pará e Museu da UFPA. Os professores que queiram levar as suas turmas podem solicitar o agendamento das visitas pelo site ou no telefone 4009-8695, no horário de 10 às 15h. As solicitações estão sujeitas à disponibilidade de agenda. Após o cadastramento de informações no site, todos os pedidos serão respondidos por email ou telefone.

Projeto Aparelho visita a 8ª edição do Diário Contemporâneo. Foto: Irene Almeida.

Com coordenação de Rodrigo Correia, a equipe é formada por estudantes universitários de diversas áreas. No último final de semana os candidatos participaram de um minicurso com a responsável pela curadoria educativa desta edição, Cinthya Marques, e se aprofundaram na trajetória do projeto, temática deste ano e trabalhos escolhidos. Na ação formativa eles puderam, inclusive, ouvir o próprio artista falar sobre a sua obra, estando atentos às iniciativas trazidas em cada trabalho e às possibilidades de diálogo que se abrem.

Com o apoio dos trabalhos selecionados, a ação educativa firma seu compromisso com a formação de cidadãos de pensamento crítico e abertos ao diálogo entre arte e sociedade. Temáticas contemporâneas serão debatidas com alunos e professores, buscando possibilitar a estes, suporte, informação e orientação para abordar temas diretamente ligados à realidade do país. “É importante entender o contexto de se discutir arte e fotografia contemporânea a partir de Belém, a partir da Amazônia. Nós estamos descentralizados”, ressalta Cinthya.

Para a composição do tabloide anual do projeto foram preparadas propostas educativas que relacionam os trabalhos selecionados à realidade dos estudantes, estimulando a reflexão a partir das obras.

Qualquer grupo que se organize pode realizar um agendamento prévio da sua visita. Além disso, o público flutuante também encontra suporte na equipe de mediadores. Eles estão aptos para fornecer informações sobre obras e artistas, além de temas pertinentes à exposição.

Assim, o museu se torna um espaço de pertencimento e de diálogo. A renovação das didáticas entre alunos e professores e a aproximação do público com as obras são só alguns dos benéficos que isso traz.

  • AGENDAMENTO
  • Ademar Queiroz
  • (91) 4009-8695 (10 às 15h)
  • Ficha de inscrição 
  • Informações: educativopremiodiario@gmail.com

O Prêmio Diário Contemporâneo de Fotografia é uma realização do Jornal Diário do Pará com apoio da Vale, apoio institucional do Museu da UFPA, Museu do Estado do Pará, Sistema Integrado de Museus/SECULT-PA e colaboração da Sol Informática.

Um comentário em “Visitação da nona edição já pode ser agendada

Comentários fechados.